Dos que amo: moda pra quem quer!

Oi gente… esse post estava pronto há séculos, mas acreditam que eu esqueci do bichinho? *o* É tanta coisa na cabeça, que olha… tsc, tsc, vergonha de mim. Mas enfim! Hoje vou falar sobre moda pra quem quer ! Aproveitando o gancho, dividi esse post em dois.  Agora,  o tema são as  moças mais cheinhas e no próximo, moças magérrimas. Como assim Jhê? Alguém fica mal ou sofre por ser magro? Até parece! Sim! Pois é! Parece brincadeira, mas é verdade. Mas como esse papo ficará pra depois, vamos ao que interessa! (:

Meu corpo, minhas nóias!

Todo mundo é noiado com alguma parte do corpo (ou com o dito cujo inteiro). Eu por exemplo já chorei horrores por ser magérrima numa época em que as meninas de 13 anos da escola tinham corpo de mulher.  Fora os apelidos que ganhava no decorrer do ano. Como na minha época não existia esse negócio de bullying o que me restava era jogar RPG e fingir que não ligava pro que diziam. Mas não era só eu a “pentelhada” na escola. Minhas amigas mais cheinhas também sofriam!
Quando vivemos numa ditadura da magreza  ou gostosura (graças às assistentes de palco do Luciano Hulk e programas de auditório), é inevitável não se sentir fora dos padrões. Afinal, nossos olhos são bombardeados de mulheres e homens exuberantes! Quando comento com meu namorado sobre o corpo de tal atriz ou dançarina, ele diz:

Jhê… é bonito sim, mas ela vive pra isso! Só faz isso! Trabalha com isso! Imagina a vida dela?

Daí eu comecei a pensar… e não é que é verdade? *o* Tenho certeza de que muitas moças vêem certas roupas e pensam: ISSO É LINDO, MAS NÃO É PRA MIM! Aposto! A pergunta e reflexão que quero trazer com esse post é a seguinte: porque tal moda não é pra você?

Por falar em moda… ela anda tão limitada coitada. Quando penso em moda, lembro da minha mãe dizendo: “Olha menina, já está inventando moda é?” Ou seja, a gente INVENTAVA a moda. Ousava, brincava! Ainda mais quando pequenos. Daí, pluft, crescemos e BAM: não podemos mais inventar moda, porém IMITAR o que a moda impõe. Daí acabou-se a alegria, pois a moda é cruel… ô se é! E o nome da moda é PP e P! Uma realidade que não nos contempla. Nem mesmo o mundo! Mas como na tv só tem gente esbelta, achamos que somos E.T.S e ponto. Depressão!

Mas aí… chega a Adele pra mostrar que é linda e maravilhosa, assumindo a silhueta GG que guarda aquela voz poderosa! Na mesma hora: opaaaaa! Eu também posso ser linda assim! E começamos a buscar nossa beleza e estilo adormecidos. O que estou querendo dizer com isso? Se você está acima do peso, não se limite! Jogue o espelho dos “padrões” fora e busque o seu: aquele que mostra quem você é e pra que você veio!
Afinal de contas, nosso corpo é uma capa e precisamos dele apenas pra viver. Contudo, lógico que uma capa bonita faz toda diferença né? Já que a moda é pra quem quer, que tal inventar a sua e usar o que dá vontade!?! Hein?

Mais uma vez, fuçando minhas revistas achei essas fotos e resolvi dividir com vocês!

G da Gata: a romântica

Como podem ver, a moça linda da foto misturou tudo! Sabemos que listras horizontais são tabu, contudo, se soubermos usar, como esse casaqueto que está aberto, acabamos criando um desenho reto, que ao mesmo tempo disfarça os ombros largos! Com a saia evasê de cintura alta e o cinto, a cintura fica marcada, criando curvas.  O comprimento da saia também ajuda, pois cria a sensação de pernas longas (sendo cintura alta gente!). A camisa aberta valoriza o colo. Pra arrematar, uma rasteira, sandália ou sapatilha de cor forte e acessórios. Taí, um look romântico e fofo! (:

G da Gata: pronta pro piquenique!

Olha como ficou linda essa combinação de cores claras e floral! Aliás, tons pastéis, são indicados pra todo tipo de corpo! O vestido é um curinga e mais uma vez o cinto valoriza o look. Nos pés, o conforto de um tênis súper estiloso e divertido. Nem preciso dizer que a camisa floral aberta deixou tudo com cara de passeio no parque! <3

G da Gata: a modernosa! 

Se você é do tipo moderninha, esse look é uma graça! Reparem que o blazer com estampa chamativa acaba chamando atenção para essa parte do corpo, enquanto todo o look está neutro e discreto. Daí ela aposta numa camiseta de banda e lenço no cabelo. Nos pés, um tênis confortável, sem meia, o que deixa o tornozelo a mostra e ao mesmo tempo “alonga” a silhueta! Lindo né? Na medida certa e com uma pitada rock!

G da Gata: a sexy!

Só de olhar dá vontade de usar tudo! Mais uma vez a amiga da Juma Marruá (onça) aparece no vestido e não fica nada vulgar como alguns acham que ficaria! Aliás, o penteado de cabelo e o colar de pérolas (será que são verdadeiras? Hahaha!) dão um ar de mulher ryca. Pra deixar os meros mortais “invejantes” (aposto que essa palavra não existe!), um cinto (de novo!) pra marcar a cintura e o salto poderoso pra sambar na cara dos que acham que só os magrelos conseguem ficar divos!

G da Gatas: apostando nos acessórios!

1ª foto: Braços à mostra, meninas! Regatas e peças sem mangas podem parecer uma roubada, mas diminuem os ombros e alongam o pescoço. Para suavizar a cor clara e chamar atenção para o busto, um top escuro por baixo do vestido cai superbem. 

2ª foto: A saia comprida alonga a silhueta e dá leveza à metade de baixo do look. A camisa xadrez aberta pode ser usada com top ou com uma lingerie sensual. Um cinto fino define a cintura e evita que o corpo fique blocado.

3ª foto: A blusa de listras finas, estilo francesinha, fica ótima com as mangas dobradas e usada soltinha para não marcar os quadris. A calça é levemente afunilada na barra, seguindo o formato natural das pernas.

4ª foto: O jeans fica moderno se você combinar a calça com a camisa do mesmo tecido. Dá até pra variar as lavagens. Como ele é básico, também cai bem com estampas ousadas e acessórios descolados! (Revista Gloss 10/2011)

Então meninas… viu como dá pra ficar na moda? Mas não me refiro a essa moda que oscila de segundo em segundo. Falo da moda do “se vestir bem” e claro, do jeito que você se sente a vontade! Daquela moda, dos tempos de criança, que sua mãe dizia: pare de inventar moda!!!! HAHAHA!

Invente a moda e use-a a seu favor! E não desmereçam o corpo de vocês… ele é só uma capa! <3

Se quiser mais sugestões de looks, cá estão alguns blogs inspiradores:

Kylanita

Le blog de big beauty (DIVÔNICO!)

Big or not to big

________________

Imagens:
Revista Gloss (10/2011)
Fotógrafo: Marcio Del Nero
Le blog de big beauty

Edição de imagens:
Jhê Delacroix

Textos:
Em negrito – Revista Gloss  (10/2011)
Jhê Delacroix

_________________

E aí curtiram? Alguém tem alguma dúvida/sugestão pro post? Então comentem galera! Escrevo com muito carinho e adoraria saber o pitaco de vocês!

Ps: eu sempre respondo os comentários ok? Sempre! ;*

Anúncios

2 comentários sobre “Dos que amo: moda pra quem quer!

Gostou? Dê o seu pitaco!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s