Tinturas: qual escolher?


Todo mundo sabe que a Marilyn Monroe só virou diva depois que a cabeleira ficou platinada né?

Antes

Depois
Oh, como amo essa foto!

O negócio é: coloração quando dá certo, acaba virando um traço de personalidade, sua marca, enfim. Mas pra chegar ao tom desejado, é complicado! Ainda mais porque geralmente quando procuramos cores de cabelo, etc., aparecem pessoas diferentes com o tom de pele diferente, ou seja, pouco sabemos como a mesma ficaria com vários cabelos!
Por isso esse post!
Desde que vim  morar com o namorado, deixei muitas coisas na casa da minha mãe, porém sempre que vou visitá-la acabo resgatando revistas, papéis ou algo de valor sentimental (ou nã0) e dessa vez achei um guia de colorações da revista que eu assinava, a Gloss. decidi tirar foto das páginas e dividir com vocês… vamos lá?

ACERTE NO TOM!

Castanho chocolate:

Quer parecer “séria”? Aposte em tons de castanhos mais escuros como esse!

1. A cor:
Claro, médio, escuro. Os tons de marrom são melhores amigos! Se você está desesperada porque fez “M” na cabeleira, tasca essa coloração e pronto,  está salva! Além de nunca saírem de moda, pra quem não tem tempo/paciência pra ficar cuidando das madeixas é uma boa opção! Tudo isso porque os pigmentos dessa cor são maiores, ou seja, além de ficarem melhor nos fios acabam durando mais! Outra vantagem: no cabelo castanho, pontas espigadas/ressecadas não se destacam! Por isso parece que os cabelos escuros estão sempre iluminados e hidratados. As nuances claras e médias te deixam mais “jovem”, já as mais fechadas te dão ares de pessoa séria; mas essa coloração vai bem em todos os tipos de pele! Então é só se jogar!

2. Cuidados:
Use produtos pra cabelos coloridos, assim você mantém a luminosidade e maciez. Se o xampu, condicionador, etc., etc., for específico para fios escuros melhor ainda, pois eles irão restaurar e intensificar a cor! Os achocolatados são os mais sensíveis aos raios solares. Já percebeu que tem cabelos escuros que ficam meio manchados? Então! Se for pegar um bronze ou torrar no sol não esqueçam de passar um fluido com FPS, boné, chapéu (que está na moda), lenço, enfim, você escolhe! Melhor cuidar do que deixar os cabelos queimarem né?

Castanho caramelo:

O caramelo é uma lindeza! Porém mais sensível aos raios solares!

3. Dicas:
Dentre os vários tons de castanho, um dos que mais me encanta é esse caramelado. Acho tão bonito! Aliás, com os castanhos todo mundo se encontra! Existem algumas regrinhas básicas (aliás, até escrevi várias vezes no blog que leio e tal,  mas adoro pessoas que “quebram” regras!) que te ajudam a encontrar a cor perfeita:
Morenas, mulatas e negras ficam bem com uma coloração até dois tons abaixo da cor natural, ou seja mais escuros.
As mais branquinhas ficam parecendo mais velhas com tons muito escuros, por isso é bacana o caramelo ou chocolate pra ficar mais leve.
Mas é aquilo que escrevi gente, depende só de vocês. E quebrar regras é legal! Se você tem atitude pra isso então… (:

Castanho mel:

Tons como o mel dão a ilusão de que tens a pele mais clara.

4. Para fazer em casa:
Na hora de pintar com tais cores, não tem drama, pois essa tinta DIFICILMENTE (escrevi até em caixa alta, porque né…) mancha. Mas é bacana ter em mente alguns truques: se papai do céu te deu um cabelo castanho escuro e você quer deixá-lo num tom médio ou mais claro – CHOQUE-SE AGORA – opte pelo loiro escuro ou loiro claro. Porém, se seus fios são tingidos, melhor ir num profissional, pois todos sabem que “tinta não clareia tinta”. E não clareia mesmo viu gente? Pra chegar ao tom desejado eu fiz várias loucuras! Sou dessas que prefere tentar sozinha e assumir a “cagada”. (:

Vermelho, vermelhaço, vermelhusco, vermelhante, vermelhão… ♫

Fios vermelhos são classudos, descolados e cheios de atitude!

Como diria nossa querida Fafá, nosso coração é vermelho! Pelo menos o meu em sentido figurado, pois AMO essa cor! Acho que deu pra perceber nesse post aqui!

1. A cor:
Apesar  de moderninhos, os tons avermelhados aderem menos aos fios e desbotam mais do que outros. Então, se você curte essa cor, não deixe seu dinheirinho ir pro ralo tão fácil e só lave-o dois dias após a coloração.

2. Cuidados:
Usar um bom leave-in é súper importante, pois protege o cabelo, formando um filme protetor. O ruim é ter de retocar a cada 15 dias, pra cor não ficar tipo “água de salsicha” sabe?

3. Dicas:
Tons vermelhos escuros e vinhos ficam bem em mulheres de pele morena, já os alaranjados ficam lindos em mulheres de pele clara; porém como já disse, é tudo questão de gosto e estilo!

4. Com que cor:
Pra parecer “ruiva natural” (essas sortudas!), o ideal são nuances acobreadas. Se quer os fios mais avermelhados viaje nos tons de acajú, violeta… e por aí vai! O ideal é conversar com alguém que entenda do assunto pra te dar uns toques!

O pretinho básico que nunca sai de moda!

1. A cor:
É uma das que mais brilham… pois tem uma grande quantidade de pigmentos. Por outro lado, tenta tirar? É a mais difícil (o vermelho também é chatinho pra sair!)!  Pra conseguir se livrar do black haja descolorações (tadinhas das cabelas…) ou decapagens (técnica agressiva que retira os pigmentos de dentro da fibra capilar).

2. Cuidados:
Aplicações de tonalizantes a cada 30 ou 35 dias são suficientes para manter a cor e luminosidade. Em casa, use produtos específicos para cabelos escuros ou tingidos. Se for à praia ou piscina, proteja os fios dos raios solares hein! Assim você evita os reflexos avermelhadinhos tão feios! (:

3. Dicas:
Nuances mais azuladas ficam lindas em mulatas ou negras, já as mais profundas, tipo – black total – criam um contraste bacana em pessoas branquinhas.
Só acho bonita essa cor em pessoas de cabelo curto, a não ser que seja longo, porém preto natural, sem coloração. Sou meio implicante! Acho que pessoa com cabelo muito preto lisão fica parecendo a Priscila Nocetti! #Bleh! Mas nada contra também, só implicância mesmo!

4. Para fazer em casa:
Só pinte o cabelo de preto em casa se ele for ou estiver castanho médio/escuro, pois se você der mole os fios podem manchar! Mas se você é que nem eu e não tem medo de ser feliz (mesmo que depois chore horrores de arrependimento) pinte e veja qual é! Agora, se prefere não arriscar, vá a um profissional! Na verdade é melhor mesmo! (:

Mechinhas bonitinhas, coloridas e fofinhas!

Quer um look só seu? Invente sua cor fantasia!

1. O efeito:
As cores fantasia podem ser usadas pra destacar as pontas, a franja, ou uma única mecha do cabelo. As tonalidades? Você escolhe!

2. Cuidados:
Quanto mais claros estiverem os fios nos quais as cores fantasia foram aplicadas, mais a cor pega! Se tens o cabelo escuro, vai precisar fazer uma descoloração prévia, com pó descolorante e água oxigenada. Como não possuem amônia em sua formulação, as cores fantasia saem mais rápido e precisam ser retocadas pra que não fiquem opacas. Um exemplo: se você tem mecha azul, com o tempo ela fica esverdeada… e por aí vai!

3. Dicas:
Para prolongar a duração da cor, aumente o tempo de intervalo entre as lavagens. Se os fios forem descoloridos, use semanalmente uma máscara para cabelos danificados, o que ajuda a recuperar a hidratação. (:

> O meu cabelo por exemplo estava com as pontas roxinhas… mas desisti delas (enjoo fácil, fácil) e agora o cabelo está meio loirão acinzentado nas pontas, querem ver?

Antes

Agora! (:

Loiro platinado! O “divo”!

Loiros platinados: pra ser diva!

1. A cor:
Adorada pelas mais moderninhas, o platinado fica mais bacana ainda com cortes desestruturados! Apesar de não desbotar fácil ela pode adquirir um tom amarelado… e isso não é legal!

2. Dicas:
Como a coloração é súper clara, em pouco tempo a raiz começa a dar os ares de sua graça. Pra que ela se iguale ao resto da cabeleira, os retoques devem ser feitos a cada 20 dias (de acordo com seu bom senso e vontade, é bom ressaltar isso!). Tratamentos mil pra esse tipo de cabelo: hidratações potentes são o segredo pra devolver a maciez e suavidade dos fios! Se você é fã/escrava da chapinha, babyliss ou secador é bom repensar a cor, pois ela detona demais o cabelo e com o  calor desses aparelhos, além de poder queimar mais facilmente os fios, os deixam porosos!

3. Com que cor?
Em geral essa cor fica bacana em mulheres mais clarinhas. Se tens uma pele mais escura mas quer fazer, se joga (sou dessas) mas saiba: será uma mudança RADICAL!

4. Para fazer em casa:
Somente mulheres com cabelos loiro médio e loiro escuro conseguem chegar à essa cor com tintura (capaz de clarear até quatro tons do natural). As demais precisam passar por processos que retirem os pigmentos dos fios pra depois ganhar essa nova tonalidade! Não adianta comprar a caixinha de tinta mais linda gente, é desperdício! Descolorações e mais descolorações que te farão chegar à tal cor! E pra que não haja arrependimentos, vá a um profissional! (:

Loiro dourado…

É sexy, é bacana! As versões quentes do loiro são MÁRAS!

1. A cor:
Com essa cor parece que você vira o centro das atenções em qualquer lugar! É tão vibrante que consegue tirar o foco de probleminhas como espinhas, olheiras, etc.

2. Dicas:
O uso de um bom leave-in (sempre né, já repararam?) hidrata os fios e sela as cutículas, o que evita que a cor vá embora rápido. Quando começa a desbotar, é só recorrer a produtos com pigmentos dourados que ops, já dá uma revitalizada legal! Os retoques podem ser feitos a cada dois meses, se a raiz não estiver aparecendo.(:

3. Com que cor?
O loiro dourado é bem democrático, pois fica bem na maioria das mulheres. Mas a combinação perfeita é com as meninas de pele bronzeada que ficam mais iluminadas e po-de-ro-sas!

4. Para fazer em casa:
Se queres um efeito meio “queimado de praia” é só fazer aos poucos mechas irregulares, finas e de diferentes nuances por toda a cabeça. Mas não aventure-se sozinha, peça ajuda à mãe, amiga, papagaio (brinks) enfim…
Mas tem uma coisa: fazer mechas parecerem naturais não é fácil… não mesmo! Até porque já viram pessoas que começam a fazer luzes? Olha… dá pra perceber. Então, entregar-se à um expert que domine a técnica é uma ótima opção!

Você é luz… é raio, estrela e luar… manhã de sol…’ ♫ (Toques de luz)

Luzes, mechas e reflexos levantam a expressão!

1. O efeito:
Vamos relembrar os anos 70! Mechas espalhadas por toda a cabeça… aquela calça boca de sino (que hoje tem um novo nome: calça flare… chique né?), blusinhas florais, enfim! O negócio é: até hoje algumas pessoas fazem mechas e adoram! Eu já tive uma mecha tão brega gente! Era do lado direito do cabelo e só. Loira. Imagina! (#Morry). Enfim… se você souber fazer, mais claras ou mais escuras, dão um toque especial e diferente aos cabelos monocromáticos. Por ressecarem demais os fios, elas são indicadas para dar volume a cabelos finos ou pra dar uma “secada” no couro cabeludo com raízes oleosas!

2. Uma coisa não tem nada a ver com a outra:
Luzes: São linhas bem fininhas, quase imperceptíveis. Podem ser feitas com papel laminado ou aquelas toucas que servem pra isso! Ah, todo mundo conhece né? Nem me estenderei no assunto! (:
Reflexos: Um pouco mais grossos que as luzes.
Mechas: Largas e beeeeem marcadas, tipo essa da foto mesmo! *-* O legal é que você pode fazer mais de 3 tonalidades ao mesmo tempo!

3. Cuidados:
Se você optou por isso minha filha (ou meu filho… né? Sei lá!) saiba que: suas idas ao salão serão mais frequentes pois o ressecamento que essas técnicas provocam exigem hidratações profundas a cada quinze dias (pelo menos). Caso cuide dos fios em casa, use máscaras potentes, potentes, bem potentes ao menos uma vez na semana! (:

Como eu disse, se você sabe ousar e tem personalidade, as mechas podem ficar lindas em ti! Diferente de mim né, que com 13 anos não tinha nada na cabeça… quer dizer, tinha uma mecha horrorosa na cabeça! Mas vamos esquecer isso né? É o caso da amigue Lully linda do blog moda de verdade!

Mechinhas + cores fantasia! Que lindo! Que lindo! (Ela tinha esse cabelón!)

Essa é ela agora. E o cabelo continua lindo! *-* Juro que ainda corto o meu! (:

Eu tirei ‘fotos das fotos’ da revista, por isso não ficaram tão boas, porém achei bacana fazer isso por mostrar uma só modelo (Renata Klem: bonita e estilosa, grrrrrrrr) com os cabelos diferentes. Assim acho que dá pra “sacar” como muda a pele, até expressão, etc.

Enfim galere! Espero que tenham curtido o post! Foi feito com muito carinho e deu um trabalhão! Uffa! Terminei! Hehehe. (:

Ps: um agradecimento especial à Lully que me deixou colocar as fotos dela no blog. E aí Lully? Gostou? Pois eu gosto MUITO do seu cabelo! Pronto FALEI tô aliviada! #ROTFL (:
Ps²: um beijo pro meu namorado que toda hora vem me dar um beijinho enquanto faço os posts enooormes desse blog! Hoje ele me trouxe até gelatina de uva! Merece né? ;*:

UPDATE:  Tirei o loirão do cabelo e estou com uma cor “indefinida”. Fiz uma mistura com duas nuances da Alfaparf. Amei o resultado. Após a coloração o cabelo ficou mais escuro, do jeito que eu queria. Porém, praia, mar, sol, etc, sempre os clareiam! Por isso a cor “indefinida”. Meu namorado diz que está ficando acobreado/ferrugem (acho que eu já disse que meu cabelo sempre puxa pro cobre), já algumas amigas dizem que está ruivo (oi?), outras, castanho. Enfim! O importante é que estou curtindo e minhas cabelas estão súper hidratadas e macias! E outra coisa que me deixa aliviada: não perder tempo nem grana retocando. Pois além de danificar os cabelos, é um saco vamos combinar! Pelo menos EU acho! É isso! (:

E aí curtiram? Alguém tem alguma dúvida/sugestão de post? Então comentem galera! Escrevo com muito carinho e adoraria saber o pitaco de vocês! ;*

Un bacio! {:

X

Fontes:
Revista Gloss
(Edição especial: guia de tinturas – 2009)

Google


Anúncios

8 comentários sobre “Tinturas: qual escolher?

  1. eeeeee \o/
    eu tenho que retocar o amarelo essa semana, pq qd eu fui pra SP pro YouPix levei um shampoo pequeno, que não era pra cabelos tingidos, aí as cores perderam a vida :( falando nisso, fikdik: o melhor shampoo no Brasil pra cabelos com tinta fantasia é o phytoervas. eles têm um que é pra cabelos tingidos que evita que desbotem e olha… aumenta MUITO a durabilidade da tinta! é tudo de bom!!!
    eu gostei das suas mechas cinzas acidentais ;D

    • HAHAHAHAHAHAHAHA’ Merci chuchu! Pois é… meus cabelos estavam uma loucura! E ficam com umas mechas cinzas mesmo! Até hoje! (: X

  2. Olá, tudo bem? Adorei as dicas! Morro de vontade de pintar meu cabelo de loiro platinado, mas tenho medo de estragá-lo, pois acho que vou ter que pintá-lo com bastante frequência.. então acabo fazendo só luzes mesmo. Sou brasileira, moro em Londres e também tenho um blog de moda. Vi seu endereço no Le blog de Betty. Ela é uma fofa né?! Sempre acompanho seus estilos…Gostei muito do seu blog, e espero que também goste do meu.. Meu blog é http://www.fabipio.wordpress.com. Nice to meet you. Bjs :-)

    • Ah querida! Adorei seu blog! Estou muito agradecida pela visita! Visitarei seu blog com frequência, com certeza! Beijos! (:

Gostou? Dê o seu pitaco!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s