Um tempo e um novo ciclo

Notícia procês: a partir de hoje a Jhê aqui não ficará mais online com tanta frequência, afinal, ela tem que entregar o TCC em meado do mês de junho ou seja, ela está FUUUU. Logo, é preciso mais dedicação no bonito e menos tempo nas redes sociais ferventes! Como ela não tem celular, sabe que não vão te ligar com frequência. HAHAHAHA! Mas podem continuar mandando mensagens e afins porque UM DIA ela responde! E a Jhê se vai… assim, em terceira pessoa. Até! Besos pajaritos! (: #FB

Um novo ciclo começa. É hora de finalizar projetos e colocar outros em prática.
Hora de dizer tchau pra graduação na UFF e pensar em novos caminhos.
Tempo de criar, agir, apresentar resultados.

Estou terminando meu TCC. Ousado. Diferente. Como um desejo que não sabes ao certo se vai conseguir apresentar ao mundo, mas que apesar das noites mal dormidas, não o trocaria por outro sonho.
Até porque amo novidades! E tem novidade maior, que no meio de bancas que abordarão “questões sociais”, desemprego, bolsa família, criminalidade, políticas sociais… alguém timidamente escreva sobre a dança? Difícil. Poucos textos pra ler. Poucas pesquisas sobre o assunto.
Mas Jhê, você não faz serviço social? Você não é a moça boazinha da década de 30? Ou a moça durona, marxista, materialista de 70?

Ah… que ingenuidade de quem pensa assim!

Minha profissão é feita de projetos, propostas propositivas de trabalho… estamos em constante contato com a teleologia. Tenho um professor querido que costuma dizer: “serviço social é uma profissão intelectual”. E difícil. Olha… desvendar as “questões sociais” (sempre entre aspas né José Paulo Netto*?) no meio de tanta confusão e barbárie é brabo! Ainda mais quando você precisa devolver pro usuário algo imediato, material… enfim. Não é pra qualquer um!

E no meio de tantas coisas difíceis, arrumei mais uma:  um TCC dançado, claro, embasado teoricamente. Preciso apresentá-lo ao mundo! Quero que a escola de serviço social da UFF inspire-se um dia no meu trabalho pra fazer os alunos pensarem um pouco além do proposto. Quero novas calçadas e pra isso preciso de novos pés que aceitem caminhar nelas.

Então é isso gente! A partir de hoje, vou pensar um cado mais no meu trabalho. Que tudo dê certo pra mim! Mas que dê certo de verdade… pois é com ele que vou a abrir novas portas (ou pular janelas), mas isso… ainda é segredo. Só conto quando eu conseguir!

Olheiras rosas de amor de uma chapeleira maluca! <3

Besos pajaritos!  Boa sorte pra mim! E se estiveres no mesmo barco… boa sorte pra você também! (^___^)/♥

____________

José Paulo Netto - O “sinixtro” do Serviço Social! Hahahaha! ;)

____________

E aí curtiram? Alguém tem alguma dúvida/sugestão pro post? Então comentem galera! Escrevo com muito carinho e adoraria saber o pitaco de vocês!

Ps: eu sempre respondo os comentários ok? Sempre! ;*